Wigan 0 x 2 Chelsea. Análise tática. Campeonato Inglês. 1ª rodada

Com um início de jogo arrasador, o Chelsea fez 2 a 0 no Wigan com cinco minutos de jogo na casa do adversário (DW Stadium, em Wigan). O destaque da partida foi o belga Eden Hazard. O jogo também marcou a estreia do meia brasileiro Oscar, que começou no banco de reservas, entrou no lugar de Hazard e foi bem na partida. O esquema tático do Wigan foi o 3-4-3. O esquema tático do Chelsea foi o 4-4-2.

O Chelsea não deu muitas chances ao Wigan porque, em cinco minutos, abriu 2 a 0 com Ivanovic e Lampard, de pênalti. Nas duas jogadas, Hazard teve participação decisiva porque deu o passe para o primeiro gol e sofreu o pênalti convertido por Lampard. O Wigan dominou as ações no primeiro tempo, mas criou poucas chances efetivas de gol. O Chelsea trancou a área para o adversário e também não voltou a criar grandes oportunidades. No final, o Wigan teve mais posse de bola (52%) que o Chelsea (48%).



O Wigan jogou no 3-4-3 com três zagueiros fixos atrás, sem líbero. Alcaraz apareceu algumas vezes, timidamente, pela direita. O meio campo teve dois volantes (McCarthy e McArthur), um meia pela direita (Boyce) e um meia-atacante pela centro-esquerda (Maloney). No ataque, três jogadores: Moses pela ponta direita, Di Santo como centroavante e Figueroa como ponta-esquerda.



O Chelsea jogou no 4-4-2 com uma linha no meio campo formada por (da direita para a esquerda) Mata, Obi Mikel, Lampard e Bertrand. No ataque, Hazard como segundo atacante pela centro-direita e Fernando Torres como centroavante. Com a posse de bola, Mikel ficou como primeiro-volante, praticamente sem avançar além da linha central, e Mata centralizava para ajudar Lampard na armação das jogadas. Sem a bola, pode-se perceber que, em algumas recomposições em contra-ataques do Wigan, Hazard ocupava a posição de meia aberto pela direita e Mata ficava centralizado, dando o bote na marcação de meio campo.



No segundo tempo, o meia brasileiro Oscar fez sua estreia no Campeonato Inglês entrando no lugar de Hazard. Oscar foi vendido pelo Internacional por R$ 79 milhões ao Chelsea. O desenho do Chelsea mudou um pouco. Oscar ficou centralizado, à frente da linha de meio campo do Chelsea e atrás de Torres, como um meia-atacante. Oscar jogou bem, dando um chute com perigo e um belo passe em suspensão da entrada da área.












Share on Google Plus

Sobre Esquemas Táticos

Marcelo Costa, jornalista e mestre em Sociologia. Editor do site Esquemas Táticos e do Esquemas Clássicos (www.esquemasclassicos.blogspot.com).
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

NEWSLETTER DO ESQUEMAS TÁTICOS

Receba a Carta Tática, Newsletter do site Esquemas Táticos com atualizações e informações exclusivas gratuitas