Esquema tático do Santos

O Santos empatou com o Santo André (3x3), pela quinta rodada do Brasileirão 2009, jogando num 4-2-2-2 que se transformava num 4-3-3, quando o meia-atacante Molina aparecia como atacante pela esquerda ou pela direita.



A defesa do Santos tem um lateral que apóia mais o ataque (Léo, pela esquerda) e outro que fica mais preso atrás (Luizinho). Desde o Campeonato Paulista, Vágner Mancini tem liberarado apenas um lateral para o apoio ao ataque. Talvez por não ter um lateral-direito que saiba atacar ou para dar mais consistência defensiva ao time. Isso fica claro quando ele substitui Luizinho e coloca um volante (Pará) em seu lugar.

No meio-campo, uma dupla de volantes marcadores (Rodrigo Souto e Roberto Brum) e dois meias, um armador (Paulo Henrique Ganso) e um meia-ofensivo (Molina). No Campeonato Paulista, o time jogou com três atacantes, sendo que dois deles se tranformavam em meias quando o time perdia a posse de bola. Era o 4-2-3-1. No jogo contra o Santo André, Molina apareceu muitas vezes como atacante (4-3-3), mas foi meia-atacante na maior parte do tempo.

Mádson, que normalmente é um meia-atacante, jogou como segundo atacante ao lado de Kléber Pereira, que ficou mais fixo. Mádson é a peça chave do time porque também volta para compor o meio-campo. Mas no jogo contra o Santo André ele ficou como segundo atacante a maior parte do tempo. De vez em quando, revezava a função de meia com Molina, que se convertia em atacante. Quando o revezamento não acontecia, Molina e Mádson abriam como pontas, com Kléber Pereira como centroavante.

Na próxima rodada, Santos joga contra o Botafogo.

Leia também:

Esquema tático do Santo André.

Esquema tático do Botafogo.

Esquema tático do Santos na final do Paulistão 2009.

Esquema tático do Santos na 1ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Share on Google Plus

Sobre Esquemas Táticos

Marcelo Costa, jornalista e mestre em Sociologia. Editor do site Esquemas Táticos e do Esquemas Clássicos (www.esquemasclassicos.blogspot.com).
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

Rafael Andrade disse...

Como o Santos evoluiu com a entrada do Molina né?! Primeiro pq ele da uma qualidade no passe que não tinha o meio campo do Santos e segundo pq o Neymar não está pronto para ser titular absoluto e intocavel do time, o clamor da imprensa foi que o fez ser assim. Outro fator decisivo para o Peixe fazer uma boa campanha é o Madson. Como corre, ajuda na marcação e inferniza a defesa adversária.

NEWSLETTER DO ESQUEMAS TÁTICOS

Receba a Carta Tática, Newsletter do site Esquemas Táticos com atualizações e informações exclusivas gratuitas