Holanda 2 x 0 Dinamarca. Análise tática. Copa do Mundo 2010

A Holanda venceu a Dinamarca por 2 a 0, no Soccer City Stadium em Joanesburgo, pelo grupo E da Copa do Mundo da África do Sul 2010. O esquema tático da Holanda foi o 4-2-3-1. O esquema tático da Dinamarca foi o 4-1-4-1.

Holanda



A Holanda não repetiu as atuações das eliminatórias e dos amistosos, mas fez um bom jogo e dominou a partida. O 4-2-3-1 da holandês desta estréia já tinha sido apresentado nos amistosos como uma opção tática. A presença de van Der Vaart como meia-atacante (mais meia que atacante) pela esquerda — ao lado de Sneijder, e com liberdade de abrir pelo lado e chegar à frente como atacante — também foi vista na Eurocopa 2008. É a versão "cautelosa" do 4-2-3-1 da Holanda. Contra uma Dinamarca pouco ofensiva, foi desnecessário.

O sistema tático holandês, em geral, prioriza a ofensividade de um dos laterais. Nesta seleção, é o lateral-direito De Wiel. Mas até Gio van Bronckhorst foi à frente, deixando espaço em suas costas. Já dissemos outras vezes aqui no Esquemas Táticos que a chave do jogo baseado no sistema holandês são os volantes e o lateral ofensivo. São eles que fazem a saída de bola. A Dinamarca só tentou marcar os laterais. Os volantes ficaram livres para sair a bola e passá-la para Sneijder ou van Der Vaart armarem o jogo.

Com van Der Vaart no meio, Jorgensen e Jacobsen puderam marcá-lo de forma adiantada. Quando Elia entrou mais adiantado, jogando nas costas de Jorgensen, ficou mano-a-mano com Jacobsen e criou boas jogadas na segunda etapa.

Segundo tempo



No segundo tempo, o técnico van Marwijik colocou Elia como atacante aberto pela esquerda no lugar de van Der Vaart e o time jogou melhor. Como dissemos, a Dinamarca não ofereceu resistência ao domínio da Holanda e a presença de mais um atacante pelos flancos não traria perigo. Afellay também entrou como atacante pela esquerda e Kuyt foi deslocado para a posição de centroavante. De Jong saiu por contusão e deu lugar a De Zeeuw.

Dinamarca



A Dinamarca foi a campo no 4-1-4-1 e assim permaneceu até o fim do jogo. A eficiência do esquema deveu-se, também, a excessiva cautela da Holanda, que escalou o meia-atacante van Der Vaart para atuar mais no meio-campo que no ataque. Entretanto, o problema central do 4-1-4-1 dinamarquês foi a pouca ofensividade de sua linha central de meias. Embora Rommedahl e Enevoldsen tivessem a função de auxiliar Bendtner no ataque, não o fizeram com a frequência adequada. Na maior parte do tempo, Bendtner ficou sozinho com a defesa holandesa.

Mostramos aqui — na análise do esquema tático de Gana, que também atua num 4-1-4-1 — como essa formação tática pode ser ofensiva. Para isso é necessário que os meias da linha central sejam versáteis para atacar e defender de maneira razoável. Mas Jorgensen e Kahlenberg ficaram presos no meio do campo e Rommedahl e Enevoldsen foram tímidos nos avanços.

Tanto que na segunda etapa, quando já perdia por 1 a 0, o técnico tirou Enevoldsen, Bendtner e Kahlenberg para tentar dar mais força ofensiva à sua equipe.

Leia outras análises táticas de jogos da Copa 2010

Alemanha 4 x 0 Austrália. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Sérvia 0 x 1 Gana. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Argélia 0 x 1 Eslovênia. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Inglaterra 1 x 1 Estados Unidos. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Argentina 1 x 0 Nigéria. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Coréia do Sul 2 x 0 Grécia. Copa do Mundo 2010. Análise tática.

Uruguai 0 x 0 França. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

África do Sul 1 x 1 México. Copa do Mundo 2010. Análise tática.

Ouça podcasts com análises de especialistas entrevistados pela Rádio Esquemas Táticos.

Rádio Esquemas Táticos. Bate-papo com Tim Vickery, da BBC de Londres e da Sports Illustrated. Tema: Principais seleções da Copa 2010.

Rádio Esquemas Táticos. Bate-papo com André Rocha, do GloboEsporte.com. Tema: principais seleções da Copa 2010.

Rádio Esquemas Táticos. Bate-papo com Robert Sweeney. Tema: seleções sulamericanas na Copa 2010.

Rádio Esquemas Táticos. Bate-papo com Hugo Albuquerque sobre o Campeonato Brasileiro 2010.

Mande o link desta análise para o seu twitter.






Bookmark and Share
Share on Google Plus

Sobre Esquemas Táticos

Marcelo Costa, jornalista e mestre em Sociologia. Editor do site Esquemas Táticos e do Esquemas Clássicos (www.esquemasclassicos.blogspot.com).
    Blogger Comment
    Facebook Comment

3 comentários:

Eduardo disse...

Parece que as variações de esquemas com apenas 1 atacante serão a tendência nesta copa.

Augusto Cesar disse...

O nº do Elia está errado. De resto, parabéns pelo trabalho.

Esquemas táticos disse...

Obrigado Augusto. Já foi corrigido.

NEWSLETTER DO ESQUEMAS TÁTICOS

Receba a Carta Tática, Newsletter do site Esquemas Táticos com atualizações e informações exclusivas gratuitas