Corinthians vence Atlético por 3 a 0 e abre 11 pontos de vantagem. Análise tática

O Corinthians venceu o Atlético Mineiro por 2 a 0 no Independência, em Belo Horizonte, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro 2015. O esquema tático do Atlético Mineiro foi o 4-2-3-1. O esquema tático do Corinthians foi o 4-1-4-1. O resultado deixa o Corinthians muito próximo do título, já que abre 11 pontos de vantagem (73 pontos) para o Atlético (62 pontos) com apenas 15 pontos a serem disputados até o final do Brasileirão.

Se a vitória do Corinthians pudesse ser traduzida numa palavra, esta palavra seria eficiência. O Corinthians desarmou mais (19 a 17 certos), driblou mais (7 a 4) e acertou mais (6 a 5) e melhores chutes a gol ( 54% de acerto contra 38% do Atlético Mineiro). Nas demais estatísticas, o Atlético foi superior: posse de bola (55% a 45%), passes certos (398 com 89% de acerto contra 281 com 88% de acerto do Corinthians), cruzamentos (9 a 3, com 33% de acerto contra 23% do Corinthians), lançamentos (13 a 13, com 36% de acerto do Atlético contra 30% do Corinthians), viradas de jogo (2 a 0) e escanteios (11 conquistados para o Atlético e 3 pelo Corinthians).

O Corinthians teve menos a bola e criou menos oportunidades, mas aproveitou melhor.

O Corinthians começou marcando pressão no campo do adversário. Essa pressão foi exercida até 20 minutos do primeiro tempo. Período da partida em que o Corinthians tocou melhor a bola e jogou no campo do Atlético, que estava sem saída de bola e posse no ataque.


A partir daí, o Atlético assumiu o protagonismo da partida e foi melhor no primeiro tempo. Bem marcado por Ralf pela faixa central, Giovanni Augusto, o articulador do Atlético, começou a abrir pelos lados e puxar a marcação do corintiano. Pratto também abriu diversas vezes pelos lados. Com isso, abriram-se espaços pelo centro que permitiram a subida dos volantes do Atlético, que sabem jogar.



O Atlético Mineiro foi melhor no primeiro tempo, mas não foi eficiente.

Estatística do primeiro tempo do Footstats.net

No segundo tempo, o Atlético continuou melhor, mas sem levar muito perigo ao gol do Corinthians que, como no primeiro tempo, buscava desafogo nas jogadas de Malcom pela esquerda. E foi com ele que o Corinthians fez o primeiro gol, mas de uma jogada originada da direita. Após o desarme e o cruzamento do zagueiro Felipe, a bola foi mal rebatida pelo zagueiro Edcarlos e foi novamente cruzada, desta vez de Jadson para Malcom. Um a zero Corinthians.



O Corinthians, aliás, destacou-se nos desarmes. Com uma faixa central trancada e os meias abertos pelos lados auxiliando os laterais na marcação, o Corinthians bloqueou ou dificultou as jogadas do Atlético pelos lados.



Jogando atrás, mas com o contra-ataque armado, após o segundo gol, o Corinthians ainda fez mais um gol, o mais bonito da partida, um voleio de Lucca após o cruzamento de Renato Augusto. Três a zero.

PRÓXIMOS JOGOS DO ATLÉTICO MINEIRO


Figueirense – fora
São Paulo – fora
Goiás – casa
Grêmio – fora
Chapecoense - casa

PRÓXIMOS JOGOS DO CORINTHIANS


Coritiba - casa
Vasco - fora
São Paulo – casa
Sport – fora
Avaí – casa
Share on Google Plus

Sobre Esquemas Táticos

Marcelo Costa, jornalista e mestre em Sociologia. Editor do site Esquemas Táticos e do Esquemas Clássicos (www.esquemasclassicos.blogspot.com).
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

NEWSLETTER DO ESQUEMAS TÁTICOS

Receba a Carta Tática, Newsletter do site Esquemas Táticos com atualizações e informações exclusivas gratuitas