Brasil 3 x 1 Costa do Marfim. Análise tática. Copa do Mundo 2010

O Brasil venceu a Costa do Marfim por 3 a 1, no Soccer City Stadium em Joanesburgo, pelo grupo G da Copa do Mundo da África do Sul 2010. O esquema tático do Brasil foi o 4-2-3-1. O esquema tático da Costa do Marfim foi o 4-3-2-1.

Brasil



O Brasil apresentou algumas variações táticas no sistema defensivo no jogo contra a Costa do Marfim. O esquema tático foi o 4-2-3-1 de sempre, mas as movimentações de Gilberto Silva e Felipe Melo chamaram a atenção nesse jogo. Normalmente, Gilberto Silva fica à frente dos zagueiros quando Felipe Melo adianta-se. Nesse jogo, atuando contra um adversário com três jogadores de ataque, pode-se ver Gilberto Silva entre Lúcio e Juan como um legítimo zagueiro. Não foi a postura da maior parte do jogo, mas aconteceu com alguma frequência.

Esse desenho é interessante porque libera Maicon e Michel Bastos para atacarem ao mesmo tempo como alas. Outro desenho para se permitir a liberdade dos alas é posicionamento de Felipe Melo mais à esquerda, cobrindo Michel Bastos, Elano cobrindo Maicon e Gilberto Silva no centro.

Foi um jogo em que o Brasil esteve bem acima do nível apresentado no primeiro jogo. Kaká fez uma partida regular, mas como deu duas assistências, sua nota sobe. Mas ainda não foi o Kaká de antes. Robinho jogou mal, não repetindo a boa atuação contra a Coreia do Norte. Luis Fabiano foi o melhor do ataque e fez o gol mais bonito da Copa até agora.

Os zagueiros foram seguros, assim como Felipe Melo. Michel Bastos não jogou bem, assim como Maicon, e também não teve oportunidade de chutar de fora da área. O Brasil está nas oitavas-de-final e a próxima rodada define qual será a outra seleção e a ordem de classificação.

Costa do Marfim



A Costa do Marfim jogou no 4-3-2-1, variando para o 4-3-3. Yayá Touré foi o volante de marcação pelo centro, Tioté o volante pela centro-esquerda e Eboué o meia/volante pela direita, formando um triângulo invertido. Essa estrutura do centro do meio-campo permite que um deles possa aparecer na frente alternadamente, com preferência para Eboué.

Kalou foi o meia-atacante pela esquerda e Dindane o meia-atacante pela direita. Dindane não esteve bem e foi substituído por Gervinho. O esquema, e sua variação, manteve-se com a entrada de Keita no lugar de Kalou. O desenho sofreu uma mudança com Romaric (no lugar de Eboué) atuando de meia-atacante pelo centro. Configurou-se um 4-2-3-1 bem ofensivo.

Demel foi um lateral-direito apenas defensivo, marcando bem a Robinho. Aliás, como havia marcado bem a Cristiano Ronaldo. Tiené apoiou pela esquerda e foi bem na marcação. Drogba não apareceu muito, bem marcado por Lúcio, mas nas poucas chances que teve levou perigo.

Sem contar o jogo Portugal versus Coreia do Norte, a Costa do Marfim tem que vencer a Coreia do Norte e contar com uma combinação de resultados e/ou saldo de gols para se classificar.

Análise tática das seleções da Copa do Mundo 2010

Inglaterra 0 x 0 Argélia. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

África do Sul 0 x 3 Uruguai. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

França 0 x 2 México. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Espanha 0 x 1 Suíça. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Honduras 0 x 1 Chile. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Brasil 2 x 1 Coreia do Norte. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Costa Marfim 0 x 0 Portugal. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Itália 1 x 1 Paraguai. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Japão 1 x 0 Camarões. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Holanda 2 x 0 Dinamarca. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Alemanha 4 x 0 Austrália. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Sérvia 0 x 1 Gana. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Argélia 0 x 1 Eslovênia. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Inglaterra 1 x 1 Estados Unidos. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Argentina 1 x 0 Nigéria. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Coréia do Sul 2 x 0 Grécia. Copa do Mundo 2010. Análise tática.

Uruguai 0 x 0 França. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

África do Sul 1 x 1 México. Copa do Mundo 2010. Análise tática.

Ouça podcasts com análises de especialistas entrevistados pela Rádio Esquemas Táticos.

Rádio Esquemas Táticos. Bate-papo com Tim Vickery, da BBC de Londres e da Sports Illustrated. Tema: Principais seleções da Copa 2010.

Rádio Esquemas Táticos. Bate-papo com André Rocha, do GloboEsporte.com. Tema: principais seleções da Copa 2010.

Rádio Esquemas Táticos. Bate-papo com Robert Sweeney. Tema: seleções sulamericanas na Copa 2010.

Rádio Esquemas Táticos. Bate-papo com Hugo Albuquerque sobre o Campeonato Brasileiro 2010.

Mande o link desta análise para o seu twitter.






Bookmark and Share


Siga Esquemas Táticos no Twitter.
Share on Google Plus

Sobre Esquemas Táticos

Marcelo Costa, jornalista e mestre em Sociologia. Editor do site Esquemas Táticos e do Esquemas Clássicos (www.esquemasclassicos.blogspot.com).
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários:

Hugo Albuquerque disse...

O ponto é que esse time do Brasil tem um baita entrosamento e está unido. Dunga tem o controle perfeito do time e o fez jogar uma verdadeira decisão. O que me desapontou - e muito - foi a postura da Costa do Marfim no fim do jogo. Nojento. E sim, foi o gol mais bonito da Copa assim como a pior arbitragem. Estamos bem vivos, enquanto a Europa está bem morna.

abraço

Anônimo disse...

muito bom seu blog

NEWSLETTER DO ESQUEMAS TÁTICOS

Receba a Carta Tática, Newsletter do site Esquemas Táticos com atualizações e informações exclusivas gratuitas