Argentina 1 x 0 Nigéria. Análise tática. Copa do Mundo 2010

A Argentina venceu a Nigéria por 1 a 0, no Ellis Park Stadium em Joanesburgo, e agora lidera o grupo B na Copa do Mundo da África do Sul 2010. O esquema tático da Argentina foi o 4-1-1-3-1. O esquema tático da Nigéria foi o 4-4-2.

Argentina



A Argentina iniciou o jogo no 4-1-1-3-1. E por que 4-1-1-3-1 e não 4-2-3-1? Porque, com a bola, Verón joga solto no meio-campo, geralmente à frente de Mascherano, mas também vindo buscar jogo com os defensores. É um armador que pode percorrer toda a intermediária. Sem a bola, coloca-se como volante à direita de Mascherano. Dizer que é um segundo-volante não expressa bem o que ele faz desde as eliminatórias.

No geral, a Argentina jogou bem menos do que se alardeou. Os comentaristas parecem ter se esquecido das eliminatórias, quando os craques já estavam lá e também não funcionaram como time. Verdade que hoje muitos deles estiveram melhores que nas eliminatórias (Messi e Verón, por exemplo), mas outros caíram de produção (Di Maria, Tevez, Higuaín).

A defesa não complicou, mas não foi testada. A Nigéria apresentou péssima técnica individual. Embora o time tenha perdido muitos gols, a Argentina não dominou amplamente o jogo. Jonás Gutiérrez ameaçou atuar como ala no início do jogo, mas tomou duas bolas nas costas e conformou-se com a posição de lateral-direito. Heinze foi mais zagueiro que lateral-esquerdo.

No ataque, Tevez não jogou caindo da esquerda para o centro, como normalmente faz na seleção argentina e, talvez por isso, o jogo de Di Maria tenha caído tanto. Ele jogou centralizado (no primeiro tempo ele jogou mais pela direita), trocando muitas vezes de posição com Messi, que partia da direita (no primeiro tempo ele jogou mais centralizado). Higuaín jogou abrindo pelos lados, tentando evitar a marcação dos zagueiros nigerianos.

Segundo tempo



No segundo tempo, Maradona foi recuando a equipe mais e mais, até que colocou Burdisso (no lugar de Di Maria) como zagueiro pela direita e colocou Jonás Gutiérrez no meio pela esquerda. Máxi Rodriguez (entrou no lugar de Verón) no meio pela direita. Tevez e Messi passaram a ser meias-atacantes (mais meias que atacantes) que tentavam criar situações de gol para Milito (entrou no lugar de Higuaín), mas que também voltavam para fechar o meio-campo.

Nigéria



A Nigéria jogou no 4-4-2, com duas linhas de marcação. Na primeira etapa, Obasi foi o meia-atacante pela esquerda. No segundo tempo, a Nigéria manteve o esquema, mas colocou dois meias-atacantes nas extremas da linha de meio-campo, dando mais força ofensiva ao time. Obasi anulou as subidas de Jonás Gutiérrez logo no início do jogo, forçando-o a atuar como lateral. Do outro lado, entretanto, Kaita não avançava e oferecia poucas opções ofensivas pela direita. Odiah, o lateral-direito, marcou muito bem a Di Maria.

Devemos ressaltar que a seleção nigeriana tem um problema técnico sério. Os jogadores dominam mal, passam mal e finalizam mal. Por isso a vitória da Argentina deve ser vista com ressalvas. O técnico Lars Lagerback demorou um tempo e meio para perceber que Heinze não oferecia perigo algum e que poderia lançar um atacante daquele lado. Quando Uche entrou, a Nigéria criou algumas oportunidades de gol no segundo tempo.

No ataque, Obinna nada fez e Yakubu fez pouco. Eles estavam muito isolados dos jogadores de meio que, por sua vez, não conseguiam fazer a bola chegar a eles.

Segundo tempo



Odemwingie (entrou no lugar de Obasi) deu nova vida ao setor ofensivo da Nigéria. Mesmo limitado tecnicamente, ele postou-se mais à frente e deu velocidade às jogadas pela esquerda. Martins entrou no lugar de Obinna e o ataque melhorou. O time passou a jogar pressionando a Argentina quando Uche entrou como meia-atacante pela direita (Taiwo saiu machucado e Kaita foi deslocado para a lateral-esquerda). Mas os erros de finalização e de passe não permitiram que a Nigéria empatasse o jogo.

Leia outras análises táticas de jogos da Copa 2010

Uruguai 0 x 0 França. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

África do Sul 1 x 1 México. Copa do Mundo 2010. Análise tática.

Ouça podcasts com análises de especialistas entrevistados pela Rádio Esquemas Táticos.

Rádio Esquemas Táticos. Bate-papo com Tim Vickery, da BBC de Londres e da Sports Illustrated. Tema: Principais seleções da Copa 2010.

Rádio Esquemas Táticos. Bate-papo com André Rocha, do GloboEsporte.com. Tema: principais seleções da Copa 2010.

Rádio Esquemas Táticos. Bate-papo com Robert Sweeney. Tema: seleções sulamericanas na Copa 2010.

Rádio Esquemas Táticos. Bate-papo com Hugo Albuquerque sobre o Campeonato Brasileiro 2010.

Mande o link desta análise para o seu twitter.






Bookmark and Share
Share on Google Plus

Sobre Esquemas Táticos

Marcelo Costa, jornalista e mestre em Sociologia. Editor do site Esquemas Táticos e do Esquemas Clássicos (www.esquemasclassicos.blogspot.com).
    Blogger Comment
    Facebook Comment

3 comentários:

Felipe disse...

Parabéns pelas análises. Assim também enxerguei as partidas que relatou (não com especiaslita como você, claro). Por isso esta primeira rodada não dá pra definir a Argentina propriamente. Este esquema tático do primeiro tempo dá uma idéia clara de que não é só lá na frente que deve haver movimentação e sim muita lá atrás, e para mim o problema da Argentina é fazer jogar por música com este esquema, tem que ter um técnico gabaritado para isto.

msd disse...

Amigo, se Higuain jogou mal...o Brasil não vale um charuto!!!

Eduardo disse...

Achei estranho quando a escalação oficial mostrou um 4-4-2 diamante, com o Messi teoricamente sendo o pivô ofensivo do losango do meio-campo. De fato, o Verón jogou adiantado em relação ao Mascherano, e o Di María mais aberto pela esquerda, porém com pouca participação. Higuaín esteve apagado quando caía pelas pontas fugindo da marcação dos zagueiros centrais, e, em vários momentos, se via a Argentina sem nenhum atacante de referência centralizado na área. No entanto, gostei da atuação do Messi, que só não foi coroada por causa do goleiro nigeriano. Parece que ele rende mesmo mais jogando um pouco recuado que fazendo dupla de ataque na frente.

NEWSLETTER DO ESQUEMAS TÁTICOS

Receba a Carta Tática, Newsletter do site Esquemas Táticos com atualizações e informações exclusivas gratuitas