Flamengo 1 x 1 Grêmio. Análise tática. Campeonato Brasileiro 2010

Flamengo e Grêmio empataram em 1 a 1, no Rio de Janeiro, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro 2010. O esquema tático do Flamengo foi o 3-6-1. O esquema tático do Grêmio foi o 4-4-2.

Flamengo



O Flamengo entrou em campo no 3-6-1. Camacho fez a dupla função de volante e meia. Assim, quando o time atacava, a formação tática do time era um 3-1-5-1, com Juan e Léo Moura nas alas e Maldonado como único volante de contenção. Vinícius Pacheco foi um meia-atacante pela esquerda e Petkovic um meia armador pelo centro e pela esquerda. Quando atacava, o time ficava torto para a esquerda por causa da presença de Vinícius Pacheco, que avançou em velocidade naquele setor.

A defesa do Flamengo teve David como zagueiro pela direita, Álvaro como o zagueiro da sobra pelo centro e Ronaldo Angelim como zagueiro pela esquerda.

No meio-campo, Maldonado foi o volante de marcação, Camacho atuou como meia/volante pela centro-direita, Léo Moura foi o ala pela direita, Juan jogou como ala pela direita. Petkovic foi o meia-armador pelo centro e pela esquerda e Vinícius Pacheco o meia-atacante pela esquerda.

Na frente, Vágner Love foi o único atacante, mas sempre auxiliado por Vinícius Pacheco pela esquerda e pelo alas, que avançavam pelos lados do campo e em diagonal pelo centro.
Grêmio



O Grêmio atuou no 4-4-2, mais especificamente no 4-2-2-2. Hugo jogou como meia-atacante pela esquerda e Maylson como meia-direita. Bruno Collaço apareceu bem no ataque, sendo coberto por Adílson no setor. Entretanto, Adílson deixa o meio-campo
do Grêmio lento e pouco criativo. Com a presença de Rochemback no time (ou seja, dois volantes de marcação), essas características ficaram mais evidentes. Silas terá que optar por um deles e colocar um segundo volante mais técnico. Como sacou Adílson do time, Silas parece já ter feito sua opção.

A defesa do Grêmio teve Edílson na lateral direita, Ozéia como zagueiro pela direita, Rodrigo como zagueiro pela esquerda e Bruno Collaço na lateral esquerda.

O meio-campo contou com Adílson e Fábio Rochemback como volantes de marcação, sendo que Rochemback saiu mais para o jogo. Maylson foi o meia-direita e Hugo o meia-atacante pela esquerda.

Na frente, Jonas foi o segundo-atacante, aparecendo nos dois lados do ataque, mas preferencialmente pela esquerda. William foi o centroavante, posicionado ligeiramente à direita.

Leia também:

Corinthians 2 x 1 Flamengo. Libertadores 2010.


VÍDEO. Esquema tático do Grêmio sob o comando de Paulo Autuori.


Flamengo 0 x 0 Goiás. Análise tática. Campeonato Brasileiro 2009.

INTERATIVO. Grêmio 2 x 2 Cruzeiro. Libertadores 2010.

Esquema tático do Flamengo. Jogo contra o Goiás. Campeonato Brasileiro 2009.


Esquema tático do Grêmio. Jogo contra o Flamengo. Campeonato Brasileiro 2009.



INTERATIVO: Esquema tático do Flamengo. Campeonato Brasileiro 2009.


Cruzeiro 3 x 1 Grêmio. Copa Libertadores da América 2009.

Mande o link desta análise para o seu twitter.






Bookmark and Share
Share on Google Plus

Sobre Esquemas Táticos

Marcelo Costa, jornalista e mestre em Sociologia. Editor do site Esquemas Táticos e do Esquemas Clássicos (www.esquemasclassicos.blogspot.com).
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

Hugo Albuquerque disse...

Marcelo,

A Copa do Mundo vem em boa hora para o Flamengo, não fosse por ela, o time teria de ser acertado jogando, o que o tornaria carta fora do baralho neste Brasileirão. O elenco é bom, mas é necessário trazer um novo treinador, pôr os pingos nos I's e tocar a bola para frente num novo projeto.

Já o Grêmio é um dos melhores times do futebol brasileiro no momento, mas sentiu um pouco a eliminação na Copa do Brasil e sofreu umas boas derrotas no Brasileirão. Ao meu ver, o quadrado ofensivo formado por Hugo, Douglas, Jonas e Borges é muito bom. A marcação é boa, muito embora falte um jogador para fazer essa função de segundo volante com mais qualidade - Rochemback deveria ser esse jogador, mas alterna muito. No entanto, falta defesa, seja miolo de zaga ou laterais. Silas tenta compensar isso, inteligentemente, abrindo os meias para pressionarem os laterais adversários e colocando dois homens de marcação a frente da área. Ainda assim, com uma zaga melhor e laterais mais hábeis, as coisas fluíram melhor.

um abraço

NEWSLETTER DO ESQUEMAS TÁTICOS

Receba a Carta Tática, Newsletter do site Esquemas Táticos com atualizações e informações exclusivas gratuitas