Everton 0 x 2 Benfica. Análise tática

O Benfica venceu o Everton por 2 a 0 no Goodison Park, na Inglaterra, pela quarta rodada da fase de grupos da UEFA Europa League. O Everton atuou no 4-2-3-1 no primeiro tempo, passando para o 4-3-1-2 e para o 4-1-3-2 no segundo tempo. O Benfica começou o jogo no 4-3-1-2 e, no segundo tempo, adotou um 4-2-2-2.

Análise tática

Everton



O esquema tático do Everton variou entre o 4-2-3-1, o 4-1-3-2 e o 4-3-1-2. Fellaini jogou pelo centro, caindo preferencialmente pela esquerda. Foi o jogador que mais se movimentou pelo Everton. Quando já estava perdendo, o técnico David Moyes recuou Fellaini para ser volante e Cahill passou a ser um meia. Além disso, tirou Gosling, figura apagada na criação de jogadas, e colocou o atacante Jô. O time insistiu muito pelas jogadas pela esquerda, com o meia-esquerdo Bilyaletdinov.



A defesa do Everton foi formada por Hibbert pela lateral direita, Yobo como defensor pela direita, Distin como defensor pela esquerda e Baines na lateral-esquerda. A saída de bola foi feita preferencialmente com Baines, que por várias vezes tabelou com Bilyaletdinov e Fellaini pela esquerda.

O meio-campo do Everton teve Rodwell (direita) e Cahill (esquerda) como volantes de marcação, com Cahill com mais liberdade para chegar à frente. Gosling foi o meia pela direita, Fellaini o meia pelo centro e Bilyaletdinov como meia aberto pela esquerda. Gosling jogou muito recuado, tentando bloquear as subidas de Di Maria naquele setor. Foi bem sucedido no primeiro tempo, mas caiu de rendimento no final da primeira etapa e início da segunda. Fellaini se movimentou bastante e era o responsável por encostar no ataque, como segundo atacante ao lado de Yakubu. Bilyaletdinov jogou aberto pela esquerda, contando com o apoio do lateral-esquerdo Baines, travando duelos equilibrados com Fábio Coentrão e Amorim daquele lado.

No ataque, Yakubu jogou isolado, vez ou outra sendo apoiado por Fellaini. No segundo tempo, Jô foi atuar a seu lado. Cahill passou a ser o armador pelo centro. Fellaini, que foi jogar como volante no segundo tempo, também apareceu para apoiar Cahill.

Benfica



O esquema tático do Benfica variou entre o 4-3-1-2, o 4-1-2-1-2 e o 4-2-2-2. No primeiro tempo, Javi Garcia jogou quase como um terceiro zagueiro, pelo centro, à frente dos defensores e atrás de Coentrão e Ramires. Di María ficou aberto como meia pela esquerda, quase como um ponta. Defensivamente, o Benfica também apresentou um 4-4-2, com uma linha de quatro no meio e, ofensivamente, Ramires subia ao ataque pela faixa central. No segundo tempo, com a entrada de Maxi Pereira (substituiu Ramires, machucado) e Aimar, o time apresentou-se no 4-2-2-2.



A defesa do Benfica foi formada por Amorim na lateral direita, Luisão como defensor pela direita, Sidnei como defensor pela esquerda e David Luiz como lateral-esquerdo. Amorim e David Luiz subiram algumas vezes ao ataque, mas na maior parte do tempo preocuparam-se mais com a marcação.

O meio-campo do Benfica teve Javi Garcia como primeiro volante, quase como um terceiro zagueiro, à frente da defesa; Ramires (esquerda) e Fábio Coentrão (direita) como volantes um pouco à frente de Garcia, e Di Maria como meia aberto pela esquerda. No segundo tempo, Maxi Pereira passou a ser o volante pela direita, Aimar (substituiu Fábio Coentrão) jogou como meia centralizado e Di Maria continuou como meia aberto pela esquerda.

No ataque, Cardozo foi o atacante pela faixa central e direita e Saviola foi o segundo atacante, um pouco mais atrás, pela esquerda. Quando o Benfica defendia, Saviola voltava como quinto homem do meio-campo pelo centro. No segundo tempo, a entrada de Aimar empurrou Saviola mais à frente e ele passou a jogar ao lado de Cardozo.

Mande o link desta análise para o seu twitter.


Leia também:

Milan 1 x 1 Real Madrid. Análise tática.

Milan x Real Madrid. Análise tática em tempo real.

Real Madrid 2 x 3 Milan. Jogo em Madri.

Chelsea 2 x 0 Liverpool. Análise tática.

Sporting 1 x 0 Hertha Berlin. Análise tática.

AEK Atenas 1 x 0 Benfica. Análise tática.

Bayern de Munique 0 x 0 Juventus. Análise tática.

Arsenal 2 x 0 Olympiacos. Análise tática.

Barcelona 2 x 0 Dínamo Kiev. Análise tática.

Esquema tático do Manchester City.

Esquema tático do Lyon.

Esquema tático do Borussia Dortmund.

Esquema tático do Bayern de Munique.

Borussia 1 x 5 Bayern. Análise tática.

Roma 1 x 3 Juventus. Análise tática.

Esquema tático do Chelsea.

Manchester United 2 x 1 Arsenal. Análise tática.

Milan 0 x 4 Internazionale de Milão. Análise tática.

Esquema tático do Milan. Jogo contra o Siena.

Esquema tático da Internazionale de Milão. Jogo contra o Bari.

Esquema tático do Barcelona.

Esquema tático do Shakhtar Donetsk.

Esquema tático do Real Madrid. Jogo contra o Rosenborg.

Esquema tático do Real Madrid com Kaká e Cristiano Ronaldo.

Esquema tático do Wigan.

Esquema tático do Liverpool.

Esquema tático do Tottenham.

Esquema tático do Atlético de Madrid.
Share on Google Plus

Sobre Esquemas Táticos

Marcelo Costa, jornalista e mestre em Sociologia. Editor do site Esquemas Táticos e do Esquemas Clássicos (www.esquemasclassicos.blogspot.com).
    Blogger Comment
    Facebook Comment

8 comentários:

Anônimo disse...

interesante análise, continua o bom trabalho..

visita
http://11contra11.blogs.sapo.pt/

Anônimo disse...

nao entendo como podes inventar tanto. nao vou falar do everton mas do Benfica posso falar com segurança. O Benfica na primeira parte jogou em 4x4x2 classico com o meio campo em linha e o saviola ligeiramente mais recuado e mais movel q cardozo. nao sei onde viste esse tridente defensivo no meio campo. ate chegou a haver trocas de posiçao entre di maria e coentrao. dps 2ª parte o maxi pereira jogou a lateral direito!! nunca a medio!! o ruben amorim é q passou para o meio campo! e dps so com a entrada de aimar o Benfica passou a usar o esquema habitual 4x1x3x2!! nao sei q jogo é q viste!?


Joao Pereira

Esquemas táticos disse...

Obrigado pela visita.

João Pereira, obrigado pelas observações.

Tenho que ressaltar, entretanto, que tanto o Benfica quanto o Everton apresentaram variações durante a partida. Variações que, muitas vezes, podem não ser representadas com fidelidade nos desenhos, mas que estão explicadas no texto. Então, a leitura da análise — onde estão pormenorizadas essas variações (inclusive sobre 4-4-2 com uma linha no meio-campo) —, e não apenas a visualização dos desenhos, é importante para um bom entendimento da análise que fiz.

Ainda assim, respeito sua posição e a análise que fez do jogo, embora não concorde com ela.

Abraços,

Marcelo Costa.

Anônimo disse...

Bom confesso q apos ler o teu comentario postei de maneira demasiado exaltada. Peço desculpa por isso.
A minha opiniao é que na primeira parte o ramires e javi garcia jogaram praticamente lado a lado e em situaçoes de ataque subia o ramires ate pelas suas caracteristicas naturais. O Fabio Coentrao iniciou a primeira parte a esquerda e so sensivelmente aos 25 minutos trocou de flanco com Di Maria que supostamente devia ter jogado mais aberto à direita mas talvez por ser esquerdino tenha "fugido" um pouco para o corredor central. Daí nao concordar com o tridente defensivo constituido por Ramires, Javi e Coentrao.
Na segunda parte no geral até concordo mas o Maxi é q jogou a lateral direito, aí, penso nao haver duvidas.



Cumprimentos

Joao Pereira

José Ribeiro disse...

Totalmente de acordo com o Joao Pereira.

Eduardo Junior disse...

Marcelo, começou hoje no meu blog (http://europafootball.blogspot.com/) a Seleção Europa Football, onde os internautas escolhem os melhores jogadores de 2009. Nesta semana, estarão na escolha o goleiro e o lateral direito. Dê uma passada lá e vote.

Eduardo Junior disse...

Marcelo, começou hoje no meu blog (http://europafootball.blogspot.com/) a Seleção Europa Football, onde os internautas escolhem os melhores jogadores de 2009. Nesta semana, estarão na escolha o goleiro e o lateral direito. Dê uma passada lá e vote.

Miguel Pereira disse...

Marcelo,

Parabens pelo blog, excelente trabalho.

cumprimentos

Miguel Lourenço Pereira
www.emjogo.blogs.sapo.pt

NEWSLETTER DO ESQUEMAS TÁTICOS

Receba a Carta Tática, Newsletter do site Esquemas Táticos com atualizações e informações exclusivas gratuitas