Borussia 1 x 5 Bayern. Análise tática

O Borussia Dortmund foi goleado pelo Bayern de Munique por 5 a 1, em Dortmund, pela quinta rodada do Campeonato Alemão 2009/2010. O Borussia atuou no 4-3-1-2, que variava para o 4-3-3. Já o Bayern atuou no 4-3-3, variando para o 4-3-1-2. Veja também as análises específicas do Esquema tático do Borussia Dortmund e do Esquema tático do Bayern de Munique.

Análise tática

(Clique na imagem para ampliar)

O Borussia começou o jogo num 4-3-1-2 "torto", com o polonês Blaszczykowski (Kuba) como o "1" pela direita, mas se apresentando como atacante quando o time tinha a bola. O meio-campo foi formado por três volantes, sendo que Tinga tinha mais liberdade para apoiar o ataque. De um modo geral, o lateral-direito ficou mais fixo na defesa para que Kuba e Tinga pudessem subir para o ataque; enquanto o lateral-esquerdo apoiava mais, Rangelov voltava pouco para marcar, mas o volante Sahin pouco avançou.

(Clique na imagem para ampliar)

O Bayern também começou a partida num 4-3-1-2 "torto", tendo o holandês Arjen Robben como o "1" pela direita. Mas o gol do Borussia fez com que o técnico Louis van Gaal avançasse Robben e o time atuou com três atacantes fixos ainda no primeiro tempo. Dos três jogadores do meio-campo, Schweinsteiger atuou mais avançado pela esquerda. Já Altintop, pela direita, ficou mais na marcação, assim como Tymoshchuk, centralizado.

A formação do Bayern, embora jogasse fora de casa, foi mais ousada que a do Borussia. Ainda no primeiro tempo o time assumiu a formação com três atacantes fixos e um dos três jogadores do meio-campo (Schweinsteiger) atuou mais como meia que como volante. Já no Borussia, Tinga, que faria o mesmo papel que Schweinsteiger, foi mais volante que meia.

O lado esquerdo do Borussia era o que mais atacava, mas a atuação apagada de Rangelov prejudicou o time. O mesmo ocorreu com o Bayern. Olic, pela esquerda, pouco acrescentou no ataque.

No segundo tempo, Louis van Gaal tirou Altintop para a entrada de Thomas Müller e Mario Gomez, também muito apagado, para a entrada de Ribéry. O ataque do Bayern passou a ser Robben (direita), Olic (centralizado) e Ribéry (esquerda). O time melhorou e virou a partida.

Já Jurgen Klopp trocou os três jogadores de frente, mas o time ficou exposto. Grossbreutz entrou no lugar de Kuba pela direita, o paraguaio Haedo Valdez (substituindo Zidan) ficou centralizado e Lucas Barrios no lugar de Rangelov pela esquerda. Valdez e Barrios deram nova dinâmica ao ataque, mas Grossbreutz não entrou muito bem. Zidan esteve bem no primeiro tempo, mas como o time levou a virada, Klopp tentou colocar um centroavante fixo na área.

Leia também:

Bayern de Munique 0 x 0 Juventus. Análise tática.

Esquema tático do Borussia Dortmund.

Esquema tático do Bayern de Munique.

Roma 1 x 3 Juventus. Análise tática.

Esquema tático do Chelsea.

Manchester United 2 x 1 Arsenal. Análise tática.

Milan 0 x 4 Internazionale de Milão. Análise tática.

Esquema tático do Milan. Jogo contra o Siena.

Esquema tático da Internazionale de Milão. Jogo contra o Bari.

Esquema tático do Barcelona.

Esquema tático do Shakhtar Donetsk.

Esquema tático do Real Madrid. Jogo contra o Rosenborg.

Esquema tático do Real Madrid com Kaká e Cristiano Ronaldo.

Esquema tático do Wigan.

Esquema tático do Liverpool.

Esquema tático do Tottenham.

Esquema tático do Atlético de Madrid.

ESQUEMAS CLÁSSICOS. Holanda 2 x 0 Uruguai. Análise tática.

ESQUEMAS CLÁSSICOS. VÍDEO: Análise tática da Seleção Brasileira da Copa de 1982.
Share on Google Plus

Sobre Esquemas Táticos

Marcelo Costa, jornalista e mestre em Sociologia. Editor do site Esquemas Táticos e do Esquemas Clássicos (www.esquemasclassicos.blogspot.com).
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

Carlos Eduardo Galvão disse...

Belo trabalho Marcelo, parabéns! Queria convidá-lo para visitar o meu blog http://loucopelabundesliga.blogspot.com/
Abraços!

NEWSLETTER DO ESQUEMAS TÁTICOS

Receba a Carta Tática, Newsletter do site Esquemas Táticos com atualizações e informações exclusivas gratuitas