Esquema tático do Vitória

O Vitória venceu o Botafogo (4 a 3) jogando no 3-4-1-2, com um meia-atacante, dois volantes e um zagueiro que se transformava em volante quando o time tem a posse de bola.



A defesa do Vitória tem três zagueiros: Anderson Martins pela esquerda, Victor Ramos pelo centro e Wallace pela direita. Anderson Martins também aparece como volante pelo lado esquerdo, liberando Vanderson ou Carlos Alberto para apoiar o ataque. Robson é o lateral-esquerdo, com as funções típicas de um lateral: atacar e defender.

Diferentemente de Apodí, que é um ala pela direita, atuando do meio-campo pra frente e com poucas obrigações defensivas. Apodí é o ponto alto do time porque chega ao ataque com frequência, principalmente pela ponta direita, mas também em diagonal. Completam o meio-campo os volantes Carlos Alberto (pela direita) e Vanderson (pela esquerda), além do meia-atacante Leandro Domingues. Lembrando que o zagueiro Anderson Martins executa, por vezes, a função de volante pela esquerda.

O ataque, no jogo contra o Botafogo, foi formado por Adriano, como segundo atacante pela esquerda, e Roger como centroavante.

Leia também:

Esquema tático do Botafogo.

Esquema tático do Flamengo.

Esquema tático do Fluminense.

VÍDEO: Esquema tático do Corinthians.
Share on Google Plus

Sobre Esquemas Táticos

Marcelo Costa, jornalista e mestre em Sociologia. Editor do site Esquemas Táticos e do Esquemas Clássicos (www.esquemasclassicos.blogspot.com).
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

NEWSLETTER DO ESQUEMAS TÁTICOS

Receba a Carta Tática, Newsletter do site Esquemas Táticos com atualizações e informações exclusivas gratuitas