Manchester City goleia United. Análise tática

O Manchester City venceu o Manchester United pela quinta rodada do Campeonato Inglês, por 4 a 1, no estádio City of Manchester. Com a vitória, o City empatou com Chelsea, Tottenham e Liverpool com 10 pontos. Pelos critérios de desempate, o Manchester City assumiu a segunda colocação da Premier League. O esquema tático do Manchester City foi o 4-4-1-1. O esquema tático do Manchester United também foi o 4-4-1-1.



O jogo mostrou uma superioridade impressionante do City. Mais organizado, mais técnico, mais objetivo. O Manchester City começou o jogo no campo de ataque. O Manchester United não conseguiu se encontrar até os 30 minutos, quando conseguiu algumas concatenar algumas jogadas. As jogadas saíam pelos dois lados do campo e também pelo centro, com participação ativa de Yayá Touré e Agüero.

O Manchester City atuou no 4-4-1-1 com Agüero à frente da linha de quatro e Negredo como centroavante. Os meias-extremos foram Jesus Navas pela direita e Nasri pela esquerda. Os jogadores centrais da linha de quatro no meio-campo foram Fernandinho (que atuou mais recuado) e Yayá Touré (armando e carregando a bola até o ataque). Nasri teve grande papel no primeiro tempo.

O Manchester United jogou no 4-4-1-1 e não contou com van Persie, contundido. Rooney jogou como o atacante mais adiantado e Welbeck como meia-atacante à frente da linha de quatro do meio-campo. Os laterais do United pouco apoiaram. O técnico David Moyes tentou dar mais consistência a seu lado direito com Smalling na lateral, mas foi justamente dali que surgiu o primeiro gol do City. A linha do meio-campo foi formada por, da direita para a esquerda: Valencia, Carrick, Fellaini e Young.


Durante cerca de 10 minutos, o United conseguiu criar algumas jogadas com Rooney, que passou a voltar mais, e Young. Valencia esteve mal no primeiro tempo. Fellaini e Carrick foram pouco criativos e ajudaram a engessar as ações ofensivas do United.

O gol saiu exatamente no lado que o United se resguardou mais. Mesmo com o zagueiro Smalling na lateral direita, o United não conseguiu evitar a jogada de Nasri e Kolarov, que cruzou para o belo gol de Agüero: 1 a 0. O segundo gol foi no final do primeiro tempo, depois de uma cobrança de escanteio. Yayá Touré marcou: City 2 a 0 United. No início do segundo tempo, Agüero marcou o terceiro depois de belo drible e cruzamento de Negredo. O quarto gol saiu pouco depois. Navas partiu em velocidade pela direita e cruzou para Nasri pegar de primeira. E isso com apenas 5 minutos do segundo tempo.


David Moyes se mexeu... tarde. Após levar o terceiro gol O técnico colocou Cleverley no lugar de Ashley Young e modificou o desenho da equipe. Fellaini foi adiantado para tentar jogadas de cabeça na área do City e Cleverley posicionou-se ao lado de Carrick. Welbeck foi colocado como winger pela esquerda. O cenário pouco mudou. O Manchester United realmente adiantou suas linhas, mas não criou muito perigo ao gol do Manchester City. Pior: abriu espaço para contra-ataque.

Rooney ainda descontou de falta. Final do jogo: Manchester City 4 x 1 Manchester United.

Curtam a Fan Page do Esquemas Táticos no Facebook.com/esquemastaticos, sigam o @esquemastaticos no Twitter e inscrevam-se no Canal do Esquemas Táticos no YouTube. Também estamos no Google Plus, procurem-nos por lá e adicionem aos seus círculos.















Share on Google Plus

Sobre Esquemas Táticos

Marcelo Costa, jornalista e mestre em Sociologia. Editor do site Esquemas Táticos e do Esquemas Clássicos (www.esquemasclassicos.blogspot.com).
    Blogger Comment
    Facebook Comment

NEWSLETTER DO ESQUEMAS TÁTICOS

Receba a Carta Tática, Newsletter do site Esquemas Táticos com atualizações e informações exclusivas gratuitas