Atlético Mineiro 2 x 1 São Paulo. Análise tática. Copa Libertadores 2013


O Atlético Mineiro venceu o São Paulo por 2 a 1, em Belo Horizonte, no estádio Independência, na primeira partida válida pela fase de grupos da Copa Libertadores da América 2013. O esquema tático do Atlético Mineiro foi o 4-2-3-1. O esquema tático do São Paulo foi o 4-2-3-1 e variou para o 4-4-1-1.

O jogo começou equilibrado, mas depois dos dez minutos iniciais o Atlético Mineiro assumiu o domínio da partida e pressionou o São Paulo em seu campo de defesa. O Atlético abusou das bolas longas e do jogo corrido. Tudo isso foi dito aqui na prévia que fizemos do time para este jogo (Análise tática do Atlético Mineiro. Jogo contra o São Paulo. Copa Libertadores 2013. Prévia). É importante dizer que essa estratégia funcionou.

O 4-2-3-1 foi mantido durante todo o jogo e, inicialmente, foi caracterizado pela constante troca de lados entre Bernard e Tardelli. Depois de algum tempo, Tardelli passou a ficar mais pela direita. Neste setor, Tardelli e Jô passaram a se revezar como centroavante. Tardelli mostrou-se um pouco cansado, sem pique, e fez uma partida bem apagada. No segundo tempo, Bernard e Tardelli voltar a trocar de posição com frequência. Mas Tardelli continuou mal no jogo e foi substituído no segundo tempo por Luan. Tardelli já não acompanhava os jogadores do São Paulo na marcação desde o fim do primeiro tempo. A velocidade do ataque do Atlético exige um condicionamento físico ótimo.

O São Paulo começou o jogo no 4-2-3-1, como analisamos na prévia para o jogo (Análise tática do São Paulo. Jogo contra Atlético Mineiro. Copa Libertadores 2013. Prévia). Os laterais ficaram presos no campo defensivo e o time começou tentando tocar a bola. A correria dos mineiros, entretanto, não deu espaço à tentativa de trocar passes do São Paulo e o time embarcou na estratégia do Atlético. O São Paulo não conseguiu acompanhar o ritmo de jogo do Atlético. Após o gol de Jô (num erro inacreditável da defesa do São Paulo, que deixou Ronaldinho Gaúcho sozinho atrás da defesa após uma cobrança de lateral. Tudo bem que Ronaldinho se aproveitou de uma cortesia de Rogério Ceni. Mas esse tipo de erro é inaceitável), o time foi recuando e sendo cada vez mais pressionado.

 
Nos últimos minutos da etapa inicial, Ney Franco colocou o time no 4-4-1-1. Osvaldo foi recuado para a linha de quatro no meio-campo e passou a jogar pela esquerda. Jádson posicionou-se como meia-atacante entre a linha de meio-campo e o centroavante, Luís Fabiano. A verdade é que o 4-1-4-1 é uma variação do 4-2-3-1, e o São Paulo adotou essa postura porque estava sendo muito atacado e não conseguia marcar.



Na metade do segundo tempo, o São Paulo passou a cadenciar mais o jogo, o Atlético recuou um pouco e foi pressionado. Quando parecia que o São Paulo faria o gol de empate, Ronaldinho Gaúcho puxou um contra-ataque pela direita e cruzou na cabeça de Réver: 2 a 0. Com Aloísio em campo, o São Paulo conseguiu diminuir a vantagem. O Atlético apresentou um ótimo futebol e mostrou que joga muito bem no Independência, uma mistura de campo reduzido com torcida próxima. Entretanto, em campos maiores, o time não consegue utilizar a bola longa, sua característica mais forte. O São Paulo, quando passou a trocar passes e cadenciar o jogo, teve uma atuação melhor. O time, além disso, sofreu com as bolas altas na área e preocupou-se muito em colocar seus meias e atacantes para marcar. Quando saíram para o jogo, o time melhorou. Curtam a Fan Page do Esquemas Táticos no Facebook.com/esquemastaticos, sigam o @esquemastaticos no Twitter e inscrevam-se no Canal do Esquemas Táticos no YouTube. Também estamos no Google Plus, procurem-nos por lá e adicionem aos seus círculos.













Share on Google Plus

Sobre Esquemas Táticos

Marcelo Costa, jornalista e mestre em Sociologia. Editor do site Esquemas Táticos e do Esquemas Clássicos (www.esquemasclassicos.blogspot.com).
    Blogger Comment
    Facebook Comment

NEWSLETTER DO ESQUEMAS TÁTICOS

Receba a Carta Tática, Newsletter do site Esquemas Táticos com atualizações e informações exclusivas gratuitas