segunda-feira, 12 de março de 2012

NAC Breda 3 x 1 PSV Eindhoven. Análise tática. Campeonato Holandês

O NAC Breda venceu o PSV Eindhoven por 3 a 1 neste domingo, 11 de março, no estádio Rat Verlegh em Breda, pela 25ª rodada da Erendivisie, o Campeonato Holandês. O esquema tático do NAC Breda foi o 4-3-3. O esquema tático do PSV Eindhoven também foi o 4-3-3.

Análise tática

Os dois times atuaram no 4-3-3, mas com desenhos diferentes. Inicialmente, o meio de campo do NAC Breda utilizou uma formação triangular com dois volantes e um meia-atacante.



Após a contusão de Bayram, atacante pela esquerda, o técnico do NAC, J. Karelse, optou por uma formação com três volantes ainda no primeiro tempo. Bonevacia entrou como volante pela direita. Boukhari, que atuava como meia-atacante do triângulo inicial, passou a ser atacante e se revezava com Lurling na armação da equipe.



Com o jogo bem aberto, o NAC explorou bastante os contra-ataques e permitiu poucas chances reais de gol ao PSV. Mesmo começando o jogo atrás no placar, o NAC controlou o jogo e explorou o frágil meio-campo e a defesa exposta do PSV. O placar só não foi mais elástico porque Schilder foi expulso na segunda etapa. Destaque para o zagueiro brasileiro Eric Botteghin, para o centroavante Kolk e, principalmente, para o meia-atacante pela direita Lurling.

O PSV Eindhoven atuou no 4-3-3 e começou na frente com um gol de Wijnaldum, o meia-atacante centralizado. Entretanto, o meio-campo extremamente ofensivo da equipe deixou muitos espaços para os contra-ataques do NAC e o time levou a virada ainda no primeiro tempo. No final da etapa, ainda perdeu o lateral-direito Manolev.

Com esquema tático e jogadores ofensivos, o PSV jogou a maior parte do tempo no campo do NAC, mas criou poucas chances reais de gol. O 4-3-3 inicial do PSV contava com um volante de marcação e dois meias-atacantes.



Após a expulsão de Manolev, o técnico F. Rutten tirou o centroavante Matavz, nulo no jogo, e colocou o lateral-direito Hutchinson. O PSV apresentou uma nova mudança tática quando Schilder foi expulso pelo NAC. O time passou a atuar no 3-3-3 (já que contava com apenas 10 jogadores).



Interessante notar que os três defensores do PSV eram um zagueiro (Marcelo) e dois laterais (Pieters pela esquerda e Hutchinson pela direita).

Siga Esquemas Táticos no Twitter.









Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More