Uruguai 2 x 1 Coreia do Sul. Análise tática. Copa do Mundo 2010

O Uruguai venceu a Coreia do Sul por 2 a 1, no Nelson Mandela Bay em Port Elizabeth, pelas oitavas-de-final da Copa do Mundo da África do Sul 2010. O esquema tático do Uruguai foi o 4-4-2. O esquema tático da Coreia do Sul foi o 4-2-3-1.

Uruguai



O Uruguai começou o jogo no mesmo 4-4-2 desenhado contra a África do Sul: com um volante centralizado (Arévalo Rios), um volante/meia pela direita (Perez), um meia pela esquerda (Alvaro Pereira) e um meia-atacante (Forlán) encostando nos dois atacantes (Cavani e Suárez). Como dissemos na análise do Uruguai contra a África do Sul, o time tem um volante/meia pela direita para dar cobertura às subidas do lateral-direito Maximiliano Pereira. Mas nesse jogo contra a Coreia, seus avanços foram contidos pela presença de Park daquele lado. Fucile, o lateral-esquerdo, não é muito de ir à frente e também só marcou porque lado e Du Ri foi muito ativo no ataque.

Forlán foi, ao mesmo tempo, meia-atacante e meia-armador. Ou seja, ele tanto articulava as jogadas no meio-campo quanto chegava à frente como um terceiro atacante. Seu trabalho foi maior contra a Coreia do Sul porque Alvaro Pereira estava mal na partida e pouco fez. No ataque, entretanto, Suárez deu muito muito trabalho à defesa sul-coreana e ainda marcou dois gols.

Com a vantagem de 1 a 0 no placar, o Uruguai recuou ainda no primeiro tempo. Quando tomou o gol de empate, estava acuado, mas soube retomar as ações perigosas e ficou novamente à frente.

Segundo tempo



Com a vantagem de 2 a 1 estabelecida a dez minutos do final da partida, o Uruguai novamente adotou uma postura defensiva e passou a atuar com uma linha de quatro jogadores no meio-campo e com Forlán à frente dela. Cavani ficou sozinho no ataque.

Coreia do Sul



A Coreia do Sul começou o jogo no 4-4-1-1, com uma linha no meio campo. O técnico Huh Jung Moo foi inteligente e escalou Park para jogar pelo lado esquerdo da linha média, fugindo da marcação de Arévalo Rios e forçando Maxi Pereira a ficar mais preso no campo defensivo. Normalmente, Park joga à frente da linha de meio-campo, como o "1" logo atrás do atacante. O miolo da linha central tem Sung Yueng como segundo-volante e Jung Woo como primeiro-volante.

Além disso, o meia-direita Chung Yong entrava em diagonal pelo meio, abrindo espaço para as subidas do bom lateral-direito Du Ri. O 4-4-1-1 sul-coreano, inspirado nos ingleses, tem o mesmo defeito do original (embora, é bom ressaltar, muitas equipes inglesas tenham adotado esquemas táticos diferentes na atualidade). Poucas jogadas de linha-de-fundo, muitas bolas alçadas a partir da intermediária e a ligação direta defesa-ataque.

Segundo tempo



Atrás no placar, o técnico Huh Jung Moo colocou um atacante (Dong Gook) no lugar de um meia (Jae Sung) e a Coreia do Sul passou a atuar no 4-4-2, ainda com a linha no meio-campo, mas com muita liberdade para o avanço dos meias pelos lados. O problema foi, novamente, o afunilamento das jogadas. Park e Chung Yong sempre entravam em diagonal pelo meio tentando tabelas entre eles e os atacantes. A pouca técnica do time coreano não permitiu que a maioria dessas jogadas prosseguisse. A postura defensiva do Uruguai nas duas vezes em que esteve em vantagem, povoou o campo ofensivo sul-coreano e impediu as jogadas de velocidade, o forte da seleção da Coreia do Sul.

Análise tática das seleções da Copa do Mundo 2010

Brasil 3 x 1 Costa do Marfim. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Inglaterra 0 x 0 Argélia. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

África do Sul 0 x 3 Uruguai. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

França 0 x 2 México. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Espanha 0 x 1 Suíça. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Honduras 0 x 1 Chile. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Brasil 2 x 1 Coreia do Norte. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Costa Marfim 0 x 0 Portugal. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Itália 1 x 1 Paraguai. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Japão 1 x 0 Camarões. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Holanda 2 x 0 Dinamarca. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Alemanha 4 x 0 Austrália. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Sérvia 0 x 1 Gana. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Argélia 0 x 1 Eslovênia. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Inglaterra 1 x 1 Estados Unidos. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Argentina 1 x 0 Nigéria. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Coréia do Sul 2 x 0 Grécia. Copa do Mundo 2010. Análise tática.

Uruguai 0 x 0 França. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

África do Sul 1 x 1 México. Copa do Mundo 2010. Análise tática.

Ouça podcasts com análises de especialistas entrevistados pela Rádio Esquemas Táticos.

Rádio Esquemas Táticos. Bate-papo com Tim Vickery, da BBC de Londres e da Sports Illustrated. Tema: Principais seleções da Copa 2010.

Rádio Esquemas Táticos. Bate-papo com André Rocha, do GloboEsporte.com. Tema: principais seleções da Copa 2010.

Rádio Esquemas Táticos. Bate-papo com Robert Sweeney. Tema: seleções sulamericanas na Copa 2010.

Rádio Esquemas Táticos. Bate-papo com Hugo Albuquerque sobre o Campeonato Brasileiro 2010.

Mande o link desta análise para o seu twitter.






Bookmark and Share


Siga Esquemas Táticos no Twitter.
Share on Google Plus

Sobre Esquemas Táticos

Marcelo Costa, jornalista e mestre em Sociologia. Editor do site Esquemas Táticos e do Esquemas Clássicos (www.esquemasclassicos.blogspot.com).
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

NEWSLETTER DO ESQUEMAS TÁTICOS

Receba a Carta Tática, Newsletter do site Esquemas Táticos com atualizações e informações exclusivas gratuitas