Itália 1 x 1 Paraguai. Análise tática. Copa do Mundo 2010

Itália e Paraguai empataram em 1 a 1, no Green Point Stadium na Cidade do Cabo, pelo grupo F da Copa do Mundo da África do Sul 2010. O esquema tático da Itália foi o 4-3-3. O esquema tático do Paraguai foi o 4-4-2.

Itália



A Itália jogou no 4-3-3 com De Rossi como primeiro-volante e Montolívio como segundo-volante e Marchisio como meia, posicionado ligeiramente para a esquerda. Não foi um 4-2-3-1 porque Pepe e Iaquinta ficaram mais tempo como atacantes que como meias pelos lados. Isso deveu-se ao fato de os laterais paraguaios terem apoiado muito pouco e Iaquinta e Pepe são os responsáveis pela marcação deles.

Os laterais apresentaram-se para o apoio com alguma frequência. Até Zambrotta, que fez uma temporada 2009-2010 ruim, fez uma boa partida. Mas, no geral, a Itália não jogou bem. O time dominou as ações, mas criou poucas jogadas agudas, de perigo de gol. A má atuação dos atacantes é, em parte, responsável por isso. Inclusive Pepe, o melhor dos três, esteve abaixo de sua média. Iaquinta, um atacante lento e pouco técnico, está deslocado pela esquerda. Gilardino lutou, mas também nada vez.

Outro responsável pela baixa criação de jogadas foi o meio-campo. Marchisio e Montolivo são voluntariosos, mas têm uma baixa qualidade no passe. De Rossi carrega bem a bola, mas é primeiro-volante e não é sempre que pode se lançar ao ataque. E, por fim, nenhum dos três é armador. Pirlo (está machucado e não pôde atuar), mesmo em uma fase decadente, faz muita falta.

Paraguai



O Paraguai adotou uma postura recuada para tentar os contra-ataques e explorar as bolas paradas. O 4-4-2 paraguaio tem uma linha no meio-campo, mas os meias pelos lados (Torres pela direita e Vera pela esquerda) fecham pelo centro quando o time tem a bola. Os atacantes jogam paralelamente.

Embora a posse de bola do Paraguai tenha sido equilibrada com a da Itália (48% contra 52% dos italianos), ela se deu muito mais no campo defensivo e na intermediária ofensiva. A bola pouco chegou ao ataque. Lucas Barrios praticamente não tocou na bola. Haedo Valdez se movimentou mais, deslocou-se para receber a bola, mas não a recebeu.

Os laterais ficaram presos no campo defensivo, marcando os atacantes italianos, e o miolo defensivo não cometeu muitos erros, mas é muito estabanado. No segundo tempo, o técnico Gerardo Martino colocou Roque Santa Cruz e Oscar Cardozo no ataque, no entanto, eles mostraram que ainda estão fora de forma e não acrescentaram muito. Mas qualquer um dos dois foi melhor a imobilidade mostrada por Lucas Barrios.

Leia outras análises táticas de jogos da Copa 2010

Japão 1 x 0 Camarões. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Holanda 2 x 0 Dinamarca. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Alemanha 4 x 0 Austrália. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Sérvia 0 x 1 Gana. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Argélia 0 x 1 Eslovênia. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Inglaterra 1 x 1 Estados Unidos. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Argentina 1 x 0 Nigéria. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

Coréia do Sul 2 x 0 Grécia. Copa do Mundo 2010. Análise tática.

Uruguai 0 x 0 França. Análise tática. Copa do Mundo 2010.

África do Sul 1 x 1 México. Copa do Mundo 2010. Análise tática.

Ouça podcasts com análises de especialistas entrevistados pela Rádio Esquemas Táticos.

Rádio Esquemas Táticos. Bate-papo com Tim Vickery, da BBC de Londres e da Sports Illustrated. Tema: Principais seleções da Copa 2010.

Rádio Esquemas Táticos. Bate-papo com André Rocha, do GloboEsporte.com. Tema: principais seleções da Copa 2010.

Rádio Esquemas Táticos. Bate-papo com Robert Sweeney. Tema: seleções sulamericanas na Copa 2010.

Rádio Esquemas Táticos. Bate-papo com Hugo Albuquerque sobre o Campeonato Brasileiro 2010.

Mande o link desta análise para o seu twitter.






Bookmark and Share
Share on Google Plus

Sobre Esquemas Táticos

Marcelo Costa, jornalista e mestre em Sociologia. Editor do site Esquemas Táticos e do Esquemas Clássicos (www.esquemasclassicos.blogspot.com).
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

Eduardo disse...

Acredito que Itália e Paraguai se classifiquem para as oitavas-de-final devido ao baixo nível técnico de Eslováquia e Nova Zelândia, mas ambas as seleções ficaram muito aquém do que eu esperava.

NEWSLETTER DO ESQUEMAS TÁTICOS

Receba a Carta Tática, Newsletter do site Esquemas Táticos com atualizações e informações exclusivas gratuitas