Botafogo 3 x 3 Santos. Análise tática. Campeonato Brasileiro 2010

Botafogo e Santos empataram em 3 a 3, no Rio de Janeiro, pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro 2010. O esquema tático do Botafogo foi o 4-2-2-2, variando para o 3-5-2. O esquema tático do Santos foi o 4-3-3, variando para o 4-2-2-2.

Botafogo



O esquema tático do Botafogo pode ser lido como um 4-2-2-2 ou como um 3-5-2, já que Leandro Guerreiro jamais se afasta da frente da defesa e atua praticamente como um terceiro zagueiro. Além disso, no primeiro tempo, os laterais foram liberados para atacar como autênticos alas, o que caracteriza o 3-5-2. No segundo tempo, entretanto, Somália e Alessandro voltaram a ser laterais, já que entraram dois meias-atacantes pelas extremas. Fahel teve como única função marcar Neymar homem-a-homem.

A defesa do Botafogo teve Alessandro na lateral/ala direita, Antônio Carlos como zagueiro pela direita, Fábio Ferreira como zagueiro pela esquerda e Somália como lateral/ala pela esquerda.

No meio-campo, Leandro Guerreiro e Fahel como volantes, Túlio Souza e Renato Cajá como meias. Leandro Guerreiro, como dissemos, foi quase um terceiro zagueiro, mas jogando à frente do miolo de zaga. Fahel fez marcação individual em Neymar e anulou o atacante santista. Túlio Souza e Renato Cajá afunilaram muito o jogo e, muito lentos e errando passes, não deram prosseguimento às jogadas do Botafogo.

No ataque, Herrera foi o segundo atacante e Loco Abreu, o centroavante. No primeiro tempo, Herrera esteve mais à direita; no segundo, ficou mais à esquerda.

Segundo tempo



Com a inoperância dos meias, o técnico Joel Santana colocou dois atacantes para atuarem como meias-atacantes abertos. Caio e Edno jogaram bem abertos, prendendo os laterais santistas, mas deixaram a intermediária adversária vazia, dando muito espaço para o avanço dos volantes do Santos, principalmente Wesley. Como saída de Neymar, Fahel passou a marcar o meia Marquinhos. Marcelo Cordeiro entrou no final da partida, mas teve papel fundamental nas bolas paradas que, inclusive, resultaram no gol de empate.

Santos



O Santos começou numa formação tática parecida com a utilizada por Vagner Mancini no primeiro semestre do ano passado. Foi um 4-3-3 que se transformava num 4-2-2-2 com a volta de Mádson para compor o meio-campo pela direita. No primeiro tempo, Neymar foi bem marcado por Fahel e não rendeu. Como Mádson voltava muito, Somália teve espaço para avançar naquele setor. Ou seja, Joel Santana anulou Neymar com um volante — e não com um lateral, como normalmente é feito por outros treinadores — e liberou também o lateral/ala-direito. No segundo tempo, com a entrada dos meias-atacantes no Botafogo, o Santos aumentou o domínio do meio-campo e lançou Wesley praticamente como um meia.

A defesa do Santos teve Maranhão na lateral direita, Bruno Aguiar como zagueiro pela direita, Durval como zagueiro pela esquerda e Alex Sandro como lateral-esquerdo. Os laterais avançaram pouco, mas quando o fizeram, apareceram bem.

O meio-campo teve Rodrigo Mancha como primeiro-volante (Roberto Brum saiu machucado aos 12min do primeiro tempo), Wesley como segundo-volante, Marquinhos como meia-armador e Mádson como meia-atacante.

O ataque teve Neymar aberto pela esquerda, André como centroavante e Mádson chegando de trás, como meia-atacante, pela direita. Conforme dissemos, Neymar foi anulado por Fahel e Mádson, também compondo o meio-campo, deu espaço para que Somália avançasse muito no primeiro tempo.

Segundo tempo



A alteração feita por Joel Santana equilibrou o jogo, mas deu mais espaço na faixa central do campo. Wesley aproveitou-se disso e avançou bastante na segunda etapa. Até Rodrigo Mancha apareceu para arrematar a gol. Zé Eduardo centralizou mais o ataque santista, o que normalmente é ruim, mas com isso ele conseguiu anotar o terceiro gol do Santos.

Leia também:


Botafogo 3 x 2 São Paulo. Campeonato Brasileiro 2009.

VIDEO: Análise tática do Santos 2010.

Esquema tático do Botafogo. Jogo contra o Avaí.

Atlético Mineiro 3 x 2 Santos. Análise tática.

Esquema tático do Botafogo. Jogo contra o Vitória.

Esquema tático do Santo André. Jogo contra o Santos. Campeonato Brasileiro 2009.

Esquema tático do Santos. Jogo contra o Santo André. Campeonato Brasileiro 2009.

Esquema tático do Santos. Jogo contra o Oeste. Paulista 2010.

Esquema tático do Santos na final do Campeonato Paulista 2009

Esquema tático do Atlético MG. Jogo contra o Grêmio. Campeonato Brasileiro 2009.

Esquema tático do Santos. Jogo contra o São Paulo. Brasileirão 2009.

Esquema tático do Santos contra o Vitória. Campeonato Brasileiro 2009

INTERATIVO: Esquema tático do Atlético MG. Campeonato Brasileiro 2009.

Mande o link desta análise para o seu twitter.






Bookmark and Share
Share on Google Plus

Sobre Esquemas Táticos

Marcelo Costa, jornalista e mestre em Sociologia. Editor do site Esquemas Táticos e do Esquemas Clássicos (www.esquemasclassicos.blogspot.com).
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

Gabriel Campi disse...

É cara, foi um jogão mesmo. O Botafogo mostrou que pode ir mais longe no brasileirão, contra um misto do Santos, que quando estivar todo completo, irá brigrar nas cabeças.

Abraços.

www.blogfutebolnaveia.blogspot.com

NEWSLETTER DO ESQUEMAS TÁTICOS

Receba a Carta Tática, Newsletter do site Esquemas Táticos com atualizações e informações exclusivas gratuitas