Esquema tático do São Paulo. Jogo contra o São Caetano

O São Paulo venceu o São Caetano por 3 a 0, na Arena Barueri, pela 6ª rodada do Campeonato Paulista 2010. O esquema tático do São Paulo foi o 3-4-3.

Análise tática



O São Paulo jogou no 3-4-3, com um volante de marcação, um segundo volante e um meia-atacante. O técnico Ricardo Gomes não abriu mão dos três zagueiros, mas deu força ofensiva ao time ao dar mais liberdade a Hernanes, que atuou como segundo volante, e colocar três atacantes.

A defesa foi formada por três zagueiros: Renato Silva pela direita, Xandão pelo centro e Miranda pela esquerda. Substituindo André Dias (vendido para a Lazio da Itália) Xandão fez a sobra.

No meio-campo, os alas foram Jean pela direita e Jorge Wagner pela esquerda. Richarlyson foi o primeiro volante e Hernanes, o segundo. Jean jogou mais recuado, cobrindo as subidas de Hernanes. Jorge Wagner teve liberdade de jogar mais por dentro, já que Richarlyson ficou mais no campo defensivo. Jorge Wagner fez dupla com Marcelinho pela esquerda enquanto Hernanes fez o mesmo com Dagoberto pela direita. Lembrando que, como volante/meia, Hernanes voltava para jogar ao lado de Richarlyson quando o time perdia a bola.

Na frente, três atacante. Marcelinho foi um meia-atacante (mais atacante que meia) pela esquerda, caindo pelo centro do campo. Dagoberto atuou no lado direito, um pouco mais adiantado que Marcelinho. Washington foi o centroavante. O problema dos atacantes abertos do São Paulo é o fato de sempre entrarem em diagonal pelo centro, ou seja, não buscam as jogadas de linha de fundo. Mas esse São Paulo agride o adversário, joga buscando o gol, e não o erro, como nos últimos anos.

A adoção dos três atacantes pelo São Paulo é apenas mais um exemplo de uma nova tendência no futebol brasileiro. Farei, em breve, uma análise sobre isso.

Leia também:

Botafogo 3 x 2 São Paulo. Análise tática.

Esquema tático do São Paulo. Jogo contra o Santos.

Flamengo 2 x 1 São Paulo. Análise tática.

São Paulo 0 x 0 Palmeiras. Análise tática.

São Paulo 1 x 1 Corinthians. Análise tática.

Esquema tático do São Paulo. Jogo contra o Flamengo. Primeiro turno.

INTERATIVO. Flamengo 2 x 1 Vitória. Análise tática.

VÍDEO: Análise tática do São Paulo.
Share on Google Plus

Sobre Esquemas Táticos

Marcelo Costa, jornalista e mestre em Sociologia. Editor do site Esquemas Táticos e do Esquemas Clássicos (www.esquemasclassicos.blogspot.com).
    Blogger Comment
    Facebook Comment

7 comentários:

Hugo Albuquerque disse...

Marcelo,

Há anos o São Paulo, para além do trabalho individual de um técnico, criou uma doutrina tática muito sólida no que concerne atuar com três zagueiros, mas sempre viveu às voltas com esse problema na meia.

Todos reclamavam do hoje corintiano Danilo, mas todos os jogadores que foram contratados para ocupar a posição dele deram errado - exceto Jorge Wagner que se encontrou como ala-esquerdo.

De repente, trazer de volta Marcelinho Paraíba apareceu como solução e, por ora, tem dado certo - o que tem sido favorecido com as boas atuações do irregular Dagoberto, mas o ponto é que para avaliar os resultados efetivos disso, é bom esperar mais algumas rodadas.

Nesse exato momento, a única grande fragilidade do tricolor é pela ala-direita.

um abraço

Manuel Oliveira disse...

Caro Marcelo Costa, entrei hoje pela 1ª vez no seu blog que me agradou. Sou português, vivendo em Recife, sócio e apaixonado pelo Benfica, tenho um blog (do Manuel). Se quiser dar uma olhada:
http://manueloliveira2000.blogspot.com
Se estiver interessado poderemos trocar links. Deixe comentário no meu blog.
Abraço.

Eduardo Junior disse...

Marcelo, acesse o Europa Football e participe do Bolão F.E.O. Abraços!!!!!

Matheus Cristian disse...

Entrevistei o comentarista Erich Beting do Band Sports especializado em markenting e publicidade esportiva. Confira: http://mattew.zip.net
Abraço.

Hugo Albuquerque disse...

Pois é, agora com a volta de Cicinho, o São Paulo recupera o poder de fogo perdido no ala-direita - a diretoria são-paulina acertou em cheio novamente. Ricardo Gomes conta ainda com Cléber Santana no banco, um curinga de alta qualidade que pode modificar a forma do time jogar entrando seja no lugar de Marcelinho, no de Dagoberto - adiantando Marcelhinho - ou no de Jorge Wagner - o que levaria ao deslocamento de Richarlyson para a ala-esquerda, o que não é nada mau.

Gabriel Campi disse...

Muito boa análise, cara. Muito legal teu blog. Também tenho o meu blog sobre futebol. Se puder, passa lá, e se gostar pode seguir. O endereços está aí:

www.blogfutebolnaveia.blogspot.com

Abraços.

Gabriel Campi disse...

To te seguindo já.

NEWSLETTER DO ESQUEMAS TÁTICOS

Receba a Carta Tática, Newsletter do site Esquemas Táticos com atualizações e informações exclusivas gratuitas