Esquema tático do Avaí. Jogo contra o Flamengo

O Avaí venceu o Flamengo por 3 a 0 na Ressacada, em Florianóplis, pela vigésima rodada do Campeonato Brasileiro jogando no 3-5-2, que também se transformava num 3-6-1, com dois alas apoiando bastante.

Análise tática

Com três zagueiros fixos atrás, o Avaí liberou seus alas e contou com a participação ativa dos volantes na criação de jogadas. Ferdinando e Léo Gago avançaram pelo meio e criaram opções de passe para os alas juntamente com Marquinhos. Foi um 3-5-2, ou mais precisamente um 3-2-3-2, que também se transformava num 3-6-1, com dois volantes marcadores (mas que saíram para o jogo), dois alas e um meia, um meia-atacante e um atacante.



Na defesa, Augusto (direita), Rafael (centro) e Émerson (esquerda) foram os três zagueiros, que ficaram presos atrás. Algumas vezes, Augusto arriscou subidas até o meio-campo como lateral-direito, mas a regra foi priorizar a marcação. Émerson ficou responsável por marcar individualmente Adriano e cumpriu bem a função. Rafael foi o zagueiro da sobra.

Com os três zagueiros priorizando a marcação, o técnico Silas fez o que deveria num esquema 3-5-2: liberou os alas. Vemos muitas vezes os alas comportando-se como laterais, configurando um 5-3-2, o que tira toda a vantagem do 3-5-2. Fabinho Capixaba (direita) e Eltinho (esquerda) participaram muito na criação de jogadas e puderem trocar passes com os volantes pelos lados do campo. Com Léo Gago (esquerda) e Ferdinando (direita), o Avaí ganha em qualidade no meio porque ambos podem sair para o jogo, o que dificulta a marcação dos meias adversários. Quando se tem volantes apenas marcadores, o time adversário acaba ganhando numericamente no meio-campo se apostar em volantes mais técnicos. Para completar o meio-campo, Marquinhos jogou à frente dos volantes, centralizado e transitando por todo o setor, armando a equipe.

No ataque, Muriqui preferencialmente saiu da esquerda para o centro como segundo atacante e, às vezes, como meia-atacante. Mas também apareceu na direita. Luiz Ricardo foi o centroavante na maior parte do jogo, com a substituição de William, lesionado.

Leia também:

Todas as análises táticas do Avaí.
Share on Google Plus

Sobre Esquemas Táticos

Marcelo Costa, jornalista e mestre em Sociologia. Editor do site Esquemas Táticos e do Esquemas Clássicos (www.esquemasclassicos.blogspot.com).
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

NEWSLETTER DO ESQUEMAS TÁTICOS

Receba a Carta Tática, Newsletter do site Esquemas Táticos com atualizações e informações exclusivas gratuitas