Esquema tático do São Paulo - Jogo contra o Flamengo

O São Paulo empatou com o Flamengo (2x2), pela décima rodada do Campeonato Brasileiro 2009, jogando no 3-6-1, com dois meias-atacantes auxiliando um centroavante isolado. Talvez pela ausência do zagueiro André Dias, ou pela pouca eficiência apresentada pelo 4-4-2 até então adotado, o certo é que Ricardo Gomes resolveu retomar o esquema com três zagueiros.



Diferentemente do que foi publicado em muitos portais e jornais de esporte, o São Paulo não atuou no 4-4-2. O técnico Ricardo Gomes armou o São Paulo, para enfrentar o Flamengo, no 3-6-1. A observação atenta da partida deixou claro que existia uma linha de três zagueiros fixos atrás e, na frente, dois meias que apoiavam o isolado centroavante Borges.

Na defesa, os três zagueiros foram Miranda (esquerda), Jean Rolt (centro) e Renato Silva (esquerda). Miranda fez a marcação individual em Adriano.

Os alas foram Júnior César (esquerda) e Arouca (direita). Júnior explorou apenas o lado do campo enquanto Arouca atuou pelo lado e também entrou em diagonal pelo meio-campo. Jean foi o primeiro volante e Hernanes o segundo, caindo pela faixa central direita. Marlos (direita) e Hugo (esquerda) jogaram paralelamente como meias-atacantes, revezando-se no apoio ao centroavante Borges.

O ataque mostrou-se pouco agressivo porque, além de Borges jogar isolado na frente, Marlos e Hugo estão sempre muito recuados em relação ao centroavante e não têm características de atacante ou segundo atacante.

Leia também:

Esquema tático do São Paulo.

VÍDEO: Esquema tático do São Paulo.

Esquema tático do Flamengo. Jogo contra o São Paulo.
Share on Google Plus

Sobre Esquemas Táticos

Marcelo Costa, jornalista e mestre em Sociologia. Editor do site Esquemas Táticos e do Esquemas Clássicos (www.esquemasclassicos.blogspot.com).
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

NEWSLETTER DO ESQUEMAS TÁTICOS

Receba a Carta Tática, Newsletter do site Esquemas Táticos com atualizações e informações exclusivas gratuitas