Sport 1 x 0 Palmeiras - Análise tática

O Sport ganhou do Palmeiras na Ilha do Retiro por 1 a 0 e foi desclassificado nos pênaltis por 3 a 1. O Sport jogou no 3-5-2 e o Palmeiras no 3-6-1. Vamos à análise tática.

O Sport atuou no 3-5-2, sem um ala-direito fixo, mas com Igor (o zagueiro pela direita) aparecendo muitas vezes como lateral-direito, e Paulo Baier e Luciano Henrique revezando-se pela meia direita e esquerda. Luciano Henrique caiu até pela ponta esquerda, deslocando Ciro para o centro do ataque. Wilson ficou sempre pelo centro ou pela direita do ataque.

Esse deslocamento de Luciano confundiu o Palmeiras no início do jogo. Tanto que Luxemburgo teve que pedir para que Armero (ala-esquerdo do Palmeiras) ficasse menos aberto e ajudasse a fechar a cabeça de área pela esquerda. Enquanto não conseguia passar a instrução, Souza era o volante pela esquerda e o Palmeiras deixava o lado direito da defesa mais aberto. Pierre marcava Paulo Baier individualmente.

O lado esquerdo do Sport fortalecia-se com a presença de Luciano Henrique quando ele fazia o revezamento com Paulo Baier ou caía pela ponta esquerda. Com as presenças adicionais de Ciro e Dutra daquele lado, era necessário mais um volante para fortalecer a marcação palmeirense.

O Sport dominou as ações no primeiro tempo, mas não conseguiu pressionar o Palmeiras no segundo. As entradas de Fumagalli — mais adiantado pela direita — e Moacir — volante que fazia a cobertura das subidas de Igor pela direita — não melhoraram a penetração ofensiva do Sport. O time passou a atuar no com três zagueiros, um ala (Dutra), dois volantes e três atacantes, com Fumagalli e Luciano Henrique se revezando como meia e atacante. Um 3-4-3 ou, separando por funções, um 3-2-2-3.

No Palmeiras, entraram Mozart, Willians e Ortigoza, e o time passou a jogar com três zagueiros, dois volantes, dois laterais (os alas murdaram de função com a pressão do Sport), um meia (Cleiton Xavier) e dois atacantes. Um 5-3-2, ou 5-2-1-2.

O lado esquerdo do Sport seguiu sendo o setor mais forte do time e foi por lá que o único gol da partida saiu, em penetração pela ponta esquerda de Luciano Henrique.

Veja as análises individuais de Sport e Palmeiras.
Share on Google Plus

Sobre Esquemas Táticos

Marcelo Costa, jornalista e mestre em Sociologia. Editor do site Esquemas Táticos e do Esquemas Clássicos (www.esquemasclassicos.blogspot.com).
    Blogger Comment
    Facebook Comment

3 comentários:

Abecedista disse...

Caro blogueiro Marcelo Costa.

Respondi seu comentário lá no blog O Abecedista. Talvez tenha me alongado, já que entrei um pouco na história recente dos volantes e dos esquema tático do ABC FC.

Qualquer dúvida, pode perguntar.

Sds Alvinegras.

Abecedista.

Hugo Albuquerque disse...

Nós, palmeirenses, podemos até reclamar do futebol da equipe nessa nacional, mas não da falta de emoção.

Esquemas táticos disse...

É verdade.

NEWSLETTER DO ESQUEMAS TÁTICOS

Receba a Carta Tática, Newsletter do site Esquemas Táticos com atualizações e informações exclusivas gratuitas