Real Madrid 0 x 2 Juventus

A Juventus (4-4-1-1) derrotou o Real Madrid (4-4-2 e 4-3-3) atuando com uma grande disciplina tática. Nada de brilhantismo individual (exceto por Del Piero que, assim como alguns outros jogadores, atingem a maturidade técnica depois dos 30, quando não têm mais pernas e têm que jogar com a cabeça).
O Real atuou inicialmente (antes do primeiro gol) com quatro defensores, com os dois laterais avançando bastante. Entretanto, Sérgio Ramos (zagueiro de origem) nada fez de produtivo pela direita. Dos dois volantes, Diarra ficava mais atrás e Guti atuou mais livre. Sneijder e Drenthe atuaram como meias abertos, revezando os lados. Raul como meia-atacante pela esquerda e Nistelrooy no ataque.

Após primeiro gol, Diarra ficou centralizado como volante, Guti migrou para a meia-direita, Sneijder para a meia-esquerda, Drenthe ficou mais pela ponta esquerda (e foi muito mal).

A Juventus optou por um 4-4-1-1 com dois laterais (Mellberg e Molinaro) avançando pouco, com os meias laterais (Nedved e Marchioni) marcando (a tal disciplina tática que falei), dois volantes marcadores (Sissoko e Tiago), um meia à frente dos quatro (Del Piero) e um atacante (Amauri) que também vazia a função de meia quanto Del Piero avançava. Com a pressão do Real Madrid no segundo tempo, Del Piero voltou para ajudar na marcação no meio-campo.
Share on Google Plus

Sobre Esquemas Táticos

Marcelo Costa, jornalista e mestre em Sociologia. Editor do site Esquemas Táticos e do Esquemas Clássicos (www.esquemasclassicos.blogspot.com).
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

NEWSLETTER DO ESQUEMAS TÁTICOS

Receba a Carta Tática, Newsletter do site Esquemas Táticos com atualizações e informações exclusivas gratuitas